Explore o mundo
São Valentin e todos os “Dia dos Namorados”

São Valentin e todos os “Dia dos Namorados”

O Mundo Cabe em SP
0 Shares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Shares ×

Hoje, dia 14 de Fevereiro é comemorado o dia de São Valentin em grande parte dos países da Europa e nos Estados Unidos. Essa comemoração é considerada o Dia dos Namorados nesses países pois São Valentin realizava o casamento de soldados, mesmo contra a vontade do Imperador Claudius II, pois ele acreditava que soldados solteiros estariam mais solícitos à se candidatar. No Brasil o Dia dos Namorados é celebrado em Junho por conta da Festa de Santo Antônio e também devido a proximidade da data em relação ao carnaval.

Mas existem outras comemorações ao redor do mundo para este dia tão romântico e O Mundo Cabe em SP te leva para conhecer!

  • China – Festival Qixi

Qixi-festival-Chinese-Valentine's-DayO Festival Qixi é comemorado no sétimo dia do sétimo mês  do calendário lunar (que explicamos neste post), segundo a lenda é neste dia em que o casal Zhinu e Niulang se encontram no céu.

Em algumas lendas Zhinu é uma divindade e Niulang é apenas um pastor. Os dois se apaixonam, se casam e tem dois filhos, mas como o casamento entre deuses e mortais nunca é bem visto aos olhos divinos o casal é levado ao céu, sob a forma das constelações Vega e Altair respectivamente, e ficam separados pela Via Láctea.

Porém uma vez ao ano, no sétimo dia do sétimo mês do calendário lunar as constelações de Vega e Altair se aproximam no céu e isso representa o reencontro do casal.

As tradições do festival Qixi são dirigidas quase exclusivamente para as mulheres. Entre outras coisas elas devem provar seus talentos de ‘mulher prendada’ em concursos como costurar sob luz baixa. Há também outros costumes como ofertar pó compacto, flores, frutas e chás para a Zhinu, nesta tradição metade do pó deve ser jogado sobre o telhado e a outra metade é distribuída entre as mulheres solteiras e recém casadas para que todas elas tenham a beleza eterna da divindade.

  • Japão – Tanabata

Tanabata_Festival_in_Edo_(Hiroshige,_1852)A lenda no Japão tem as mesmas personagens que a versão chinesa, porém a moça se chama Orihime e o rapaz é Hikoboshi. Nesta versão Orihime, é tecelã e trabalhava às margens do rio Amanogawa. O pai da moça percebeu que ela estava preocupada em não encontrar um amor por conta da dedicação ao trabalho e assim resolveu apresentá-la à Hikoboshi e os dois se apaixonaram imediatamente.

Após o casamento, Orihime parou de tecer e Hikoboshi, que era pastor de vacas deixou-as escapar, furioso com o desleixo apaixonado Tentei, pai de Orihime, separou o casal.

Entristecida pela falta do marido a moça pediu ao pai que os deixassem encontrar novamente, ele consentiu que eles se encontrassem uma vez ao ano no sétimo dia do sétimo mês.

Porém não havia uma ponte que ligasse as duas margens do rio, então Orihime chorou muito a ponto de comover passarinhos chamados magpies e voando eles fizerem uma ponte para que o casal pudesse se encontrar novamente.

Segundo a lenda japonesa quando chove no dia do Tanabata os passarinhos não podem formar a ponte e por isso o casal deve esperar mais um ano para se encontrar.

  • Cultura Judaica – Tu B’av

0 RA comemoração do Tu B’av ocorre no dia 15 do mês Av do calendário judaico.

Um dia muito festivo na época do Templo Sagrado, pois era o início da colheita de uvas. Nesse dia, as moças solteiras se vestiam de branco e dançavam em roda pelas vinícolas e os moços solteiros iam procurar possíveis noivas.Por isso é o feriado do amor, uma data semelhante ao Valentine’s Day. Junto com o Yom Kippur, que marca o fim da colheita, a Tu B’av é uma das datas mais felizes para os judeus.

Este é um ótimo dia para casamentos, festas de bodas e noivados.

  • Romênia – Dragobete

Dragobete-zeul-iubirii-la-daciDragobete tem mais reconhecimento de dia dos namorados na Romênia do que o Valentine’s Day, segundo a crença pagã Dragobete é o filho de Baba Dochia,  espírito responsável pelo retorno da primavera. Esse dia é comemorado em 24 de Fevereiro por ser o início da primavera e a época em que os pássaros  constroem ninhos.

Neste dia os jovens se vestem com roupas típicas e se reúnem em frente a Igreja da cidade de ondem partem para colher as primeiras flores da primavera. Quando chega a tarde as garotas correm de volta para a Igreja com seus pretendentes no encalço, se um deles alcançá-la e se ela desejar ficar com ele os dois se beijam na frente de todos.

Há outra tradição em que as mulheres solteiras devem comer um pão salgado feito pela mulher mais velha da cidade e antes de dormir ela deve colocar uma folha de manjericão debaixo da cama. Se ela sonhar com um homem que lhe entrega água, pois o pão a fez dormir com sede, é sinal de que ela encontrará seu companheiro naquele ano.

 

  • Catalunia – Dia de São Jorge

sant-jordi_editorial-barcanova2Na Catalunia, o dia dedicado ao amor é em 23 de Abril quando se comemora o dia de São Jorge. Nesta ocasião é comum presentear com rosas e flores a pessoa amada, no início deste costume os homens geralmente presenteavam as mulheres com flores e elas retribuíam o presente, daí surgiu o ditado “uma rosa pro amor e um livro para sempre” (a rose for love and a book for ever).

Com o passar do tempo os livros se popularizaram como presentes para as mulheres, mas as rosas ainda carregam uma forte simbologia ligada às cores da flor.

Vermelho para a paixão, azul para confiança (as rosas azuis normalmente são distribuídas para amigos), rosa para afeição e gratidão, roxo para nobreza, feminilidade e sedução (normalmente entregues para mulheres), branco  para inocência e pureza (rosas brancas são mais usadas para representar o desejo de uma longa relação) e por fim rosas amarelas que simbolizam alegria e usualmente são usadas para presentear adolescentes.

Curiosidade: Você sabia que o dia do livro é mundialmente comemorado no dia 23 de Abril por conta da tradição desse país?

  • País de Gales

St.-DwynwenO País de Gales também celebra o Valentine’s Day, porém, segundo a tradição do país a celebração é feita no dia 25 de Janeiro.

Reza a lenda que uma moça chamada Dwynwen se apaixonou por um rapaz chamado Maelon e ele correspondeu ao seu amor, porém o casal não pode se unir por motivos que variam de acordo com a versão da lenda. Por causa do impedimento Dwynwen correu pela floresta e Maelon foi transformado em uma pedra de gelo. A moça então encontrou com um anjo que lhe deu uma poção para fazê-la esquecer de Maelon e também lhe concedeu três pedidos, ao que ela desejou que a pedra de Maelon derrete-se, que o desejo de todos os amantes se realizasse e que ela pudesse servir à deus para sempre.

Seus desejos foram realizados e ela construiu uma igreja na ilha de Anglesey, esta ilha ainda possui as ruínas da igreja e um poço onde nada um peixe sagrado, segundo a lenda, se um casal se aproximar do poço e a água borbulhar é sinal de que o casal terá bom auguro no futuro.

Referências

http://en.wikipedia.org/wiki/Valentine’s_Day

http://people.howstuffworks.com/culture-traditions/holidays/valentine2.htm

http://en.wikipedia.org/wiki/Qixi_Festival

http://en.wikipedia.org/wiki/Tanabata

http://www.romania-insider.com/dragobetele-or-romanias-traditional-celebration-of-love/75798/

http://en.wikipedia.org/wiki/San_Jordi

 http://en.wikipedia.org/wiki/Dydd_Santes_Dwynwen

Resposta

Ou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Shares ×